Conspiração

Observando o Ministério da Dilma e a sua suposta inabilidade em escolher ministros, é possível imaginar que essas escolhas supostamente ruins para alguns — eu diria ruim para todos — tem um objetivo secreto.

Vou me concentrar em algumas escolhas da Dilma para expor esse pensamento.

Uma das escolhas foi Katia Abreu, do PMDB, para o Ministério da Agricultura. Ora, Katia Abreu está associada a ruralistas. Seria, portanto, uma opção conservadora, certo?

Certíssimo. Isso significa que o governo da Dilma, num segundo mandato, vai ser mais conservador? Não. Na verdade ele pode ter uma guinada histórica à esquerda inédita no país.

Explico: com Katia Abreu nesse ministério, o PT vai abrir espaço para um aumento exponencial de invasões do MST sob a justificativa de protestar contra o ministério da Dilma, forçando-a a substituí-la, no médio prazo, por alguém mais vermelhinho.

A mesma coisa com o Kassab no ministério das cidades. Abre espaço para protestos cada vez mais intensos e invasões por parte de movimentos como o MTST em todo o Brasil. Simplesmente com o intuito de promover o embate com outro ministro supostamente “conservador” e que quer fundar um novo partido, o “liberal” — vindo de um estatista, criar partido com nome de liberal só pode ser piada.

Como Dilma não tem compromisso com a reeleição nos próximos anos, ver o Brasil pegando fogo com os movimentos sociais agindo como os seus verdadeiros ministérios pode ser um plano ideal para levar o país à esquerda com mais força do que antes.

Joaquim Levy, infelizmente, pouco poderá fazer para melhorar a economia nos próximos 2 anos, o que levará, inevitavelmente, a mais manifestações de esquerda e à sua provável demissão. Na minha opinião, Dilma sabe, sim, escolher ministérios. E ela quer, com eles, promover a verdadeiros ministros os líderes Stedile e Boulos, além de lideranças naturais comunistas do PT e do PC do B. Aldo Rebelo como ministro da Ciência e da Tecnologia demonstra, claramente, os rumos que ela quer tomar no seu segundo mandato.

Se o MST ou o MTST acelerarem e criarem diversas manifestações e invasões nos próximos meses para protestar contra os ministros da Dilma, saberemos se estou certo ou não. Até lá, essa conspiração permanecerá nas cabeças pensantes do Brasil como uma possibilidade bem real. O contraponto disso tudo deverá partir da sociedade civil como um todo. Ou assistiremos à construção da candidatura Lula 2018 debaixo de nossos narizes.

Nessa foto, Lula abraça Guilherme Boulos, do MTST, em entrega de apartamentos para membros desse movimento social. Ele está ou não em plena campanha à esquerda de Dilma? E ainda vai fazer campanha falando de Dilma como “herança maldita”.

Leia mais em:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/12/1567635-lula-e-movimentos-sociais-se-unem-para-pressionar-dilma.shtml

Update:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/12/1567758-movimento-passe-livre-ja-anuncia-protesto-contra-aumento-das-passagens.shtml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s