A livre concorrência de governos

A coisa mais sábia que o brasileiro pode pensar é na livre-concorrência de governos.

A equação é simples: compare governos de outros países com o Brasil em termos de carga tributária, juros, inflação como custo.

Conte como benefício a qualidade dos serviços oferecidos de segurança, educação e saúde. Compare também a performance dos políticos daquele país, como vivem, o que possuem e como gastam o dinheiro público.

Some-se a isso também os preços de cada país. Como é o custo de vida? O que dá para comprar com a mesma quantidade de dinheiro?

Se mais brasileiros fizessem essa sábia comparação, dificilmente ficariam por aqui.

Cabe aos governos perceberem que, com mais brasileiros tendo a oportunidade de conhecer outros países, a chance de haver uma debandada é cada vez maior.

Os governos deveriam ter medo de perder os seus “clientes”.

Afinal de contas, governos deveriam se comportar como empresas privadas, não é mesmo?

O que vemos, mundo afora, no entanto, é que governos com algum grau de socialismo agem como sociopatas e, às vezes, preferem ver a própria população morrendo ou na ignorância a melhorarem os seus serviços.

Qualquer semelhança com o Brasil ou com a Venezuela do socialismo do século 21 não é mera coincidência.

Livre concorrência de governos? Compartilhe essa ideia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s