Os maçons e os seus segredos

Em grandes movimentos democráticos e republicanos do século 18 para cá, os maçons sempre estiveram envolvidos.

O maior progresso que logrou foi o da Independência Americana, cuja carta tinha vários signatários maçons e também não maçons.

Hoje os Estados Unidos da América formam um país Federativo, pois os estados têm leis independentes. É um país que possui alto crescimento, forte liberalismo econômico e defesa da propriedade privada, liberdade de imprensa, liberdade empresarial, liberdade religiosa e liberdades individuais não à toa: trata-se de um projeto deliberado dos maçons e não-maçons que assinaram a Declaração de Independência Americana.

Dentre os maçons mais famosos daquele país havia George Washington e Benjamin Franklin. O Thomas Jefferson, que foi quem escreveu a Declaração de Independência assinada por vários maçons e não-maçons, não era maçom.

Desde aquela época, portanto, os maçons, junto a outros homens brilhantes e valorosos que não pertenciam à Ordem, reuniam-se com o intuito de estudar, pensar em ideais de liberdade e transformar essas ideias em ação.

Nenhum projeto de liberação promovido ou realizado com ajuda de maçons foi algo oficial das instituições da maçonaria.

Sempre foram iniciativas individuais de alguns irmãos que, junto a não-maçons, procuraram fazer o melhor possível em vários momentos da história do mundo.

No Brasil, esse foi o exemplo da Inconfidência Mineira, da Revolução Farroupilha e no movimento cívico de vários maçons antes, durante e após a Independência do Brasil, a Lei Áurea e a Proclamação da República.

A Proclamação da República também foi fruto da decisão de maçons e de alguns não-maçons positivistas. No entanto, o próprio Marechal Deodoro da Fonseca, à época Grão-Mestre no Grande Oriente do Brasil, se arrependeu do que foi feito, já que o Brasil passou a alternar políticos populistas e a viver do voto de cabresto desde então.

O Avança Brasil Maçons.BR é um movimento inspirado nos libertadores da América. Que foram muitos, passando por D. Pedro I, Marechal Deodoro, Ruy Barbosa, Simón Bolívar e tantos outros.

Não confunda: Simón Bolívar, usado pelos comunistas latino-americanos, não tem nada a ver com o bolivarianismo falso que se utiliza de sua imagem. É uma pena que se use a imagem de um grande homem da forma equivocada.

Os maçons também estiveram presente na Lei Áurea, um ano antes da proclamação, alinhando-se assim ao que o ocorreu nos Estados Unidos muitos anos antes. Assim como estimularam D. Pedro I a aceitar a Independência, os maçons também promoveram o fim da escravidão e a Proclamação da República.

Hoje, no Brasil, os maçons também pensam que é necessário inspirar a todos a lutar, numa revolução pacífica, inspirada nos moldes do século 21.

O comunismo, a maior ameaça recente à nossa liberdade não só no Brasil, como em toda a a América do Sul, tem sido uma preocupação. Sobretudo porque vende uma falsa ideia de que o seu regime significa liberdade por meio de “mais direitos”.

Sabemos que é tudo mentira, já que é impossível um governo garantir tantos direitos sem empobrecer o próprio povo. No fim, o comunista acredita na escravização do povo por diversas formas, incluindo hiperinflação, impostos altos, corrupção, crimes, leis absurdas e outras coisas terríveis que não podemos tolerar.

Para isso é preciso tirar legitimidade dos políticos por meio de ações individuais e coletivas, pensando no longo prazo e pensando em retirar dos nossos governantes comunistas todas as bases de poder que possuem.

Acreditamos em defender a liberdade das tiranias mais diversas. Por isso mesmo a maçonaria sempre foi perseguida em regimes comunistas, nazistas ou em regimes radicais e fundamentalistas religiosos.

O Esquadro, um dos segredos dos maçons, é disposto no ângulo de 90 graus, ou seja, o ângulo reto. O Esquadro simboliza a retidão. É com a noção do Esquadro que os maçons pensam em suas ações e buscam as suas ideias. É essa a mensagem que os maçons querem passar aos corruptos que não representam o seu povo.

O Compasso, por sua vez, é feito para traçar círculos. Com ângulos diferentes, podemos traçar círculos cada vez maiores. Ele simboliza a busca do conhecimento e da verdade. Quando abrimos um compasso, queremos simbolizar a expansão dos limites de nossas próprias consciências por meio do contínuo aumento do conhecimento.

O maçom é, portanto, um homem capaz de buscar esses objetivos todos os dias. Nós procuramos aprender com o que ocorre ao nosso redor, entender como podemos agir e sempre buscamos ajudar da melhor maneira o nosso mundo.

O maçom entende que a vida é como uma pedra bruta que, para ser útil e funcionar bem, precisa ser trabalhada e polida para se tornar um bloco de construção.

A maçonaria, na verdade, é uma ordem milenar que, no início, foi formada pelos construtores de catedrais, templos, casas, pontes e palácios. Hoje a maçonaria é formada por homens que querem ajudar a construir uma terra rica em Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

A maçonaria é uma associação de homens livres que se reúnem para estudar símbolos em lojas simbólicas. Símbolos como o Compasso e o Esquadro, a Pedra Bruta e a Pedra Polida.

Com isso esperamos que você se inspire nesses símbolos ao fazer parte do Avança Brasil, pois são esses os ideais que orientam as nossas discussões e as nossas ações.

Aqui no Brasil e na América Latina ainda há muito a ser feito, portanto é necessário muito esforço de todos ao longo dos próximos anos para a conquista de nossas liberdades. Sem nunca esquecer do Esquadro e do Compasso.

Não é por acaso que, por aqui, tenha surgido um movimento no século 21 chamado de Avança Brasil Maçons.BR. Um movimento que é formado por maçons e não-maçons com o intuito de trazer cada vez mais os ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade ao alcance de todos. Ainda precisamos fazer muita coisa para que esses ideais não se percam.

As liberdades foram definidas acima, mas a Igualdade que buscamos não é a igualdade social defendida pelos comunistas, mas sim a uma igualdade perante a Lei e à Justiça. Uma igualdade que não permita que políticos formem uma casta de autoridade superior. Como bem disse o maçom Rui Barbosa:

“A regra da igualdade não consiste senão em quinhoar desigualmente aos desiguais, ne medida em que se desigualam. Nesta desigualdade social, proporcionada à desigualdade natural, é que se acha a verdadeira lei da igualdade… Tratar com desigualdade a iguais, ou a desiquais com igualdade, seria desigualdade flagrante, não igualdade real”.

Certamente um homem à frente do seu tempo, Rui Barbosa foi um dos primeiros a detectar que o comunismo não aceita liberdades, não admite igualdades perante a lei e tampouco acredita na fraternidade entre os homens e mulheres. O comunismo é uma ideologia fratricida, cujos membros possuem tanta raiva e ódio que acreditam na morte de seus inimigos políticos.

Cabe ao maçom, portanto, se posicionar contra uma ideologia que hoje é abrigada em vários partidos, como PT, PSOL, Rede, PCO, PSTU, PCB, PCdoB, PSDB e até mesmo algumas pessoas do PMDB.

Os comunistas hoje se fingem de democratas, mas são muito mais autoritários do que qualquer populista que o Brasil tenha conhecido em sua história.

Ao maçom — e ao não maçom que defende a liberdade — cabe defender não a “democracia comunista”, que é indefensável, mas sim a democracia republicana, que é representativa e admite uma maior igualdade perante as leis e para as pessoas.

Como Rui Barbosa foi a inspiração desse texto, encerro aqui com mais uma frase dele, onde ele define muito bem o que é, afinal, o comunismo e porque ele é contrário a todos os ideais dos maçons:

“O comunismo não é a fraternidade: é a invasão do ódio entre as classes. Não é a reconciliação dos homens: é a sua exterminação mútua. Não arvora a bandeira do Evangelho: bane Deus das almas e das reivindicações populares. Não dá tréguas à ordem. Não conhece a liberdade cristã. Dissolveria a sociedade. Extinguiria a religião. Desumanaria a humanidade. Everteria, subverteria, inverteria a obra do Criador”. Rui Barbosa, mestre maçom.

Mãos à obra!!!

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s