Livres do estado: como acabar com as ideias estatizantes

Desde a República, o Brasil tem sido um campo de experimentos para insustentáveis tiranos. O cabresto foi adotado como arma desde o princípio. Ainda é. Até quando vai ser? A medida em que o tempo passa, o brasileiro vai perdendo a vergonha de denunciar, de delatar, de destruir, para ver mais políticos presos e menos presos políticos.

Porém ainda há, em nosso país, uma cultura de concursos públicos, de indicações de partidos, de fraudes em concursos públicos, de criação de cargos cada vez mais tresloucados e de números intangíveis e viáveis.

O governo federal, de sua ilha em Brasília, dispõe de 22 mil cargos de confiança. Imagine a cada mudança de gestão: será necessário demitir e contratar 22 mil pessoas. Como decidir quem são essas 22 mil pessoas? Quais desses cargos são estratégicos? Quais poderiam deixar de existir?

A verdade é que o Brasil precisa perder essa visão de aproveitar a inteligência de seus concursados apenas em tarefas não essenciais. É claro que há tarefas públicas essenciais. Sobretudo na saúde, educação, segurança e tecnologia. Todas áreas técnicas, que nada tem a ver com política. Ou ao menos jamais deveria ter.

As autoridades se desautorizam

Como as autoridades brasileiras vêm se desautorizando, o processo de desobediência civil vem aumentando. Por que investir nesse governo, afinal? A busca por consultorias de tributaristas vêm aumentando em empresas de startup brasileiras para conseguir taxas de impostos mais razoáveis. A legislação brasileira permite que se busquem caminhos para evitar a sanha do estado.

Quando as empresas buscam mais relatórios e auditorias tributaristas desse tipo, podemos perceber que as nossas autoridades conseguiram ganhar o desrespeito geral da nação. Afinal o povo entendeu que o poder não está na ilha de Brasília, mas na sociedade. E a elite cultural e os novos líderes que vem surgindo já estão tomando decisões mais sábias.

Agora será inevitável a tomada de decisão final que irá levar o Brasil adiante. E ela passará pela escolha por um eventual Bolsonaro ou outros candidatos mais à direita no espectro político e moral.

Pare de acreditar no governo
Pare de acreditar no governo, livro de Bruno Garschagen essencial para o nosso tempo

Isso porque chegamos hoje ao ponto que partidos como o PT estão dizendo, claramente, em congressos nacionais, que irão passar a defender o fim da liberdade de imprensa. Com o que eles chamam de “controle de mídia”, apenas mais uma forma de censura.

É preciso que mais gente da sociedade consiga vislumbrar a realidade diante do ocaso nacional. A obscuridade não pode vencer a clareza. Tampouco deverá a tirania exercer qualquer influência sobre os livres.

Que os livres possam sempre lutar por sua liberdade.

 

 

 

125 livros indicados por Olavo de Carvalho

AGOSTINHO, Santo
1. As Confissões
2. A Cidade de Deus

ARISTÓTELES
3. Metafísica
4. Física
5. Da Alma
6. Ética para Nicômaco
7. Política

BERDIAEV, Nikolai
8. Cinco Meditações sobre a Existência
9. Espírito e Realidade
10. Ensaio de Autobiografia Espiritual

BERNANOS, Georges
11. Diário de um Pároco de Aldeia
12. A Impostura
13. O Grande Medo dos Bem-Pensantes
14. Os Grandes Cemitérios sob a Lua
15. Liberdade para Quê?

BLAKE, William
16. O Casamento do Céu e do Inferno
17. O Livro de Jó

BLOY, Léon
18. Exegese dos Lugares-Comuns
19. O Desesperado
20. Meu Diário

BÖHM-BAWERK, Eugen von
21. Capital e Juros

CAMÕES, Luís Vaz de
22. Os Lusíadas
23. Lírica

CARPEAUX, Otto Maria
24. História da Literatura Ocidental
25. Ensaios Reunidos

CHESTERTON, Gilbert K.
26. Ortodoxia
27. Heréticos

CLEMENTE de Alexandria
28. O Instrutor
29. Tapeçarias

COLERIDGE, Samuel Taylor
30. Biographia Literaria
31. Rimas do Marinheiro Antigo

CONRAD, Joseph
32. Nostromo
33. A Chance
34. O Agente Secreto
35. Lorde Jim

COOMARASWAMY, Ananda K.
36. A Farsa da Alfabetização
37. A Doutrina do Sacrifício
38. Tempo e Eternidade

DANTE Alighieri
39. A Divina Comédia

DE MAISTRE, Joseph
40. Noitadas de S. Petersburgo
41. Considerações sobre a França

DOSTOIÉVSKI, F. M.
42. Crime e Castigo
43. Os Demônios
44. Os Irmãos Karamazóvi

DÜRRENMATT, Friedrich
45. A Promessa

EVOLA, Julius
46. A Tradição Hermética

FERREIRA DOS SANTOS, Mário
47. Filosofia Concreta
48. A Sabedoria dos Princípios
49. Pitágoras e o Tema do Número

FRANKL, Viktor
50. A Vontade de Sentido

FREYRE, Gilberto
51. Casa Grande & Senzala

FRYE, Northrop
52. Anatomia da Crítica
53. O Grande Código

GIRARD, René
54. A Violência e o Sagrado
55. O Bode Expiatório
56. Coisas Ocultas desde a Fundação do Mundo

GUÉNON, René
57. O Reino da Quantidade e os Sinais dos Tempos
58. O Homem e seu Devir segundo o Vedanta
59. O Simbolismo da Cruz

HUIZINGA, Jan
60. O Outono da Idade Média
61. Nas Sombras do Amanhã

HUSSERL, Edmund
62. Idéias para uma Fenomenologia Pura
63. Lógica Formal e Lógica Transcendental
64. A Crise das Ciências Européias

IBN-ARABI, Mohieddin
65. Tratado da Unidade

JOHNSON, Paul
66. Intelectuais
67. Tempos Modernos

KIRK, Russel
68. Conferências na Heritage Foudation

LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm von
69. Discurso de Metafísica
70. Monadologia
71. Novos Ensaios sobre o Conhecimento Humano

MACHADO DE ASSIS, J. M.
72. Memórias Póstumas de Brás Cubas
73. Dom Casmurro

MACHADO, Antonio
74. Poesias Completas

MANN, Thomas
75. A Montanha Mágica

MANZONI, Alessandro
76. Os Noivos

MARÍAS, Julián
77. Antropologia Metafísica

MONTAIGU, Henry
78. A Coroa de Fogo

MUGGERIDGE, Malcom
79. Memórias

NEWMAN, John Henry
80. A Idéia de Universidade
81. Apologia pro Vita Sua

ORTEGA Y GASSET, José
82. A Idéia de Princípio em Leibniz e a Evolução da Teoria Dedutiva
83. A Rebelião das Massas
84. Que é Filosofia?

PAULO APÓSTOLO, São
85. Epístolas

PETRONE, Igino
86. O Direito no Mundo do Espírito

PLATÃO
87. Fedro
88. O Sofista
89. O Político
90. A República
91. As Leis

RACINE, Jean
92. Fedra

REALE, Miguel
93. Teoria Tridimensional do Direito

ROSENSTOCK-HUESSY, Eugen
94. Revoluções Européias

ROSENZWEIG, Franz
95. A Estrela da Redenção

SCHELER, Max
96. O Formalismo na Ética e a Ética Material dos Valores
97. As Formas do Saber e a Cultura

SCHELLING, F. W. von
98. Filosofia da Natureza
99. Filosofia da Mitologia
100. Filosofia da Revelação

SHAKESPEARE, William
101. telo
102. Hamlet
103. Rei Lear

SHANKARACHARYA, Sri
104. Brihadaranyaka Upanishad

SIMENON, Georges
105. A Neve Suja
106. Coleção Maigret

SOLOVIOV, Vladimir
107. Crise da Filosofia Ocidental
108. O Sentido do Amor

STENDHAL
109. O Vermelho e o Negro

SZONDI, Lipot
110. A Análise do Destino

TERTULIANO
111. Apologia

TOMÁS DE AQUINO, Santo
112. Comentários a Aristóteles
113. Suma Teológica
114. Suma Contra os Gentios

VOEGELIN, Eric
115. Ordem e História

VON MISES, Ludwig
116. Ação Humana: Um Tratado de Economia

WASSERMANN, Jacob
117. O Caso Maurizius
118. Etzel Andergast

WEBER, Max
119. Economia e Sociedade
120. Escritos sobre o Método

WEIL, Éric
121. Lógica da Filosofia

YEATS, William Butler
122. Poesias Completas

ZUBIRI, Xavier
123. Inteligência e Realidade
124. Sobre a Essência
125. O Homem e Deus

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s